Viagem de motorhome para surfistas: história do Fabrício

Atualizado: Out 13


Quarta feira, 11 de dezembro de 2019, 5:00 AM. Peguei meu carro em San Diego, busquei meus 3 amigos a alguns quarteirões da minha casa e dirigi em direção à Carson, uma cidade perto de Los Angeles. Lá, começamos mais uma trip de Motorhome, uma “surf trip”.

Nossa viagem ao norte teve como primeiro destino Steamer Lane, a famosa praia localizada à direita de Santa Cruz, uma aventura de 580 km, que levaria cerca de 6 horas de motorhome.


Após sair das proximidades de Los Angeles, paramos no supermercado e compramos tudo necessário para os primeiros dias de viagem. Com o motorhome abastecido, pegamos a estrada.


No fim da tarde chegamos em Capitola, uma cidadezinha perto de Santa Cruz. Como não chegaríamos a tempo no nosso destino, resolvemos parar e surfar no Pleasure Point, antes de anoitecer. Era um fim de tarde nublado, água gelada mas o Swell (as ondulações que geram as ondas) já dava sinal que estava chegando.


Surfamos por quase uma hora e voltamos correndo para um banho quente no nosso Motorhome C30.


Com todos recuperados do surf gelado, encostamos nossa casa sobre rodas ao lado do estacionamento de Pleasure Point e nos preparamos para a primeira refeição no Motorhome. Como bons brasileiros não poderia ser diferente: Churrasco! Acendemos a churrasqueira, abrimos uma boa garrafa de vinho de Napa Valley e começamos a planejar o dia seguinte.




Acordamos um pouco antes de amanhecer com o barulho das ondas. Como esperado o Swell tinha chegado com força. Dirigimos para Santa Cruz, estacionamos em frente a Steamer Lane e fomos preparar o café da manhã. Essa sensação de estar dentro de casa o tempo todo, não tem preço. Tomamos nosso café assistindo a chegada do maior Swell da temporada! Era uma mistura de felicidade com medo e adrenalina a mil. Arrumamos as coisas no RV, preparamos nossas pranchas e fomos para a água. Um surf um pouco difícil, com água gelada, ondas grandes e muita gente na água, o típico surf californiano.


Voltamos com fome e começamos a preparar o almoço. O prato do dia foi Strogonoff preparado pelos meus amigos Pedro e Caleb. Estava incrível! Parecia que estávamos em um restaurante no Brasil.

Depois desse delicioso almoço, tiramos um momento para o descanso, e logo fomos surfar mais uma vez, a famosa “segunda queda”.


O Swell foi subindo e nós nos acostumando com aquelas condições. Depois do surf, dirigimos até o centro de Santa Cruz para encontrar alguns amigos locais e jogar sinuca no Surf City, um famoso bar local. Tomamos umas cervejas e resolvemos dormir onde estávamos estacionados. Quando chegamos checamos se seria possível dormir lá e concluímos que não teríamos problema.



O mar mais desafiador da trip


Nos dias seguintes a rotina se manteve, e o Swell também, porém crescendo a cada dia. No nosso quarto dia em Santa Cruz surfamos o melhor e mais desafiador mar da trip, com ondas que chegavam a 15 pés no Middle Pic em Steamer Lane, a verdadeira mistura de felicidade e tensão. Mas infelizmente pelo surf e felizmente pela Trip, era hora de começar a viagem de volta, pois tínhamos toda a costa da Califórnia pela frente.


Quando estávamos nos preparando para pegar a estrada, vimos uns surfistas com umas pranchas gigantes. Paramos para falar com eles e perguntamos para onde eles estavam indo, a resposta foi: Mavericks. Arregalamos os olhos e falamos que não poderíamos perder essa oportunidade. Checamos as condições, que mostravam que as ondas poderiam chegar a 25 pés (7 metros) por lá. Não pensamos duas vezes, dirigimos cerca de 70 Km para o Norte para ver como eram estas ondas de perto.


Surfar era impossível para nós meros mortais, mas alguns (muitos) big riders se arriscaram naquele mar insano, uns dos maiores espetáculos que eu já vi. Ficamos algumas horas por lá curtindo esse momento e depois resolvemos seguir viagem.




Big Sur

Passamos novamente por Santa Cruz, fomos costeando. Passamos por Carmel e Monterey e chegamos na tão sonhada Big Sur, com certeza uma das mais belas estradas que eu já conheci. Nesse dia fizemos o começo dela e paramos em um camping. Já estávamos cansados da viagem e precisávamos abastecer a água e realizar o descarte. Aproveitamos e pegamos um camping com uma infraestrutura bacana. Fizemos mais um churrasco no começo da noite. Dormimos por lá, sem sinal de celular mas no meio de um lugar incrível.


Acordamos e continuamos a descida pela Big Sur. Surfamos em Sand Dollar Beach e em Willow Creek, mas as condições não estavam muito boas. Continuamos a viagem e chegamos em Morro Bay. Paramos em um estacionamento público, pé na areia, esse lugar também foi perfeito. Tinham boas ondas e a vibe estava muito legal. Cozinhamos, fizemos churrasco e curtimos o dia todo na praia. Dormimos ali mesmo e no dia seguinte seguimos viagem, passamos por Santa Barbara, Santa Monica e Venice Beach e paramos em Redondo Beach para dormir a última noite.


A liberdade de ajustar o nosso roteiro conforme nossa vontade e de ter a nossa casa por todos os lugares que passamos, fez essa viagem ser ainda mais especial. Infelizmente o nosso tempo estava acabando e tínhamos que devolver o Motorhome. Fizemos uma limpeza final, dirigimos até a Cruise America e devolvemos o RV.


Voltei pra casa pensando qual seria minha próxima viagem. Alguém tem alguma dica?




Receba nosso “alô!” para inspirar uma das melhores trips da sua vida.

Brasil

+55 (11)    4780-3920

+55 (11) 9.5042-8702 ( WhatsApp )

Rua Inácio Pereira da Rocha, 494 Vila Madalena - São Paulo - SP
05432-011

Califórnia

+1 (858) 924-8535

3952 Clairemont Mesa Blvd # Suite A
San Diego - California
92117

ENTRE EM CONTATO

Powered by 

Desenvolvido por GoSIM - 2018